O tempo quente e as temperaturas altas, que convidaram a banhos de sol nos últimos dias, vão deixar o território continental, prevendo-se uma descida das temperaturas a rondar os seis graus. Contudo, não desanime, o sol vai manter-se e, para o final da próxima semana, os termómetros vão voltar a subir.

Se pensava aproveitar o fim-de-semana para ir até à praia apanhar um pouco de sol, talvez seja melhor deixar o fato de banho e os chinelos em casa e optar por ir apenas até uma esplanada à beira mar para beber qualquer coisa. É que, segundo as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), as temperaturas vão baixar cerca de seis graus.

Para Lisboa, nos próximos dias, os termómetros vão rondar os 17/19 graus de máxima e os 7/12 de mínima. No Porto, cenário idêntico, com a máxima a variar entre os 16 e os 20 graus, e a mínima entre os 6 e os 10 graus. Mais a Sul, em Faro, as temperaturas estão mais amenas, mas, ainda assim, a máxima deverá rondar os 17/23 graus e a mínima os 9/14 graus.

O céu vai manter-se “pouco nublado ou limpo”, com um “aumento temporário de nebulosidade nas regiões do interior, em especial nas regiões Norte e Centro, com ocorrência de aguaceiros” já a partir da tarde de hoje.

O vento vai soprar “em geral fraco (inferior a 20 km/h) do quadrante Norte, soprando moderado (20 a 35 km/h) no Litoral Oeste, tornando-se moderado a forte (30 a 45 km/h) de Noroeste no Litoral das regiões Norte e Centro a partir do início da tarde, com rajadas da ordem dos 70 km/h”



lusa