1.jpg

No Brasil, está a ser investigada a atuação policial numa perseguição a um traficante ocorrida a 11 de maio de 2012.

O caso tinha sido arquivado há seis meses, mas um novo vídeo agora divulgado pela Globo reacendeu a polémica.

As imagens mostram uma verdadeira caça ao homem, em que a polícia, a partir de um helicóptero, dispara tiros de metralhadora para as ruas da favela da Coreia, no Rio de Janeiro.

O carro no qual ia o traficante, conhecido como o «Matemático», foi perseguido durante nove quarteirões e, em menos de 20 minutos, foram disparados vários tiros a uma altura entre 20 a 40 metros do solo, enquanto outras pessoas passavam na rua. Foram atingidas várias casas e um prédio levou pelo menos cinco tiros.

O piloto, que entretanto foi afastado da Polícia Civil, garante que os primeiros tiros foram apenas um aviso e que os outros só aconteceram porque os traficantes atiraram contra o helicóptero.

As imagens foram gravadas pela câmara do helicóptero que fazia a operação. O aparelho tem um sensor que deteta o calor dos corpos e objetos.

O traficante acabou por morrer devido aos disparos.


tvi24