O novo Lexus IS300h já acumulou mais de 1,6 milhões de quilómetros em testes de desenvolvimento, o suficiente para ir e voltar duas vezes a Lua, anunciou a marca.

Os testes do novo modelo híbrido da Lexus envolveram vários locais como estradas nacionais, autoestradas, circuitos e em laboratório tendo sido levado ao limite nos países com neve e gelo no hemisfério sul, ou nas zonas mais tórridas do
planeta. O novo IS300h também foi alvo de testes nos circuitos de Nurburgring (Alemanha) e em Fuji (Japão).

«A abordagem convencional de desenvolvimento de uma viatura é a atenção a cada um dos itens de forma independente, com o prazer de condução a surgir por acréscimo, tal como se de uma pirâmide se tratasse. Primeiro constrói–se a base e depois vai evoluindo por patamares. No desenvolvimento do novo Lexus IS300h o processo utilizado foi completamente oposto. Primeiro objetivo foi criar um carro que proporcionasse prazer de condução e ir subindo na pirâmide, desenvolvendo cada elemento de forma a corresponder com a performance pretendida», explica o engenheiro-chefe
do IS, Junichi Furuyama.








a bola