Os veículos automóveis novos vendidos na europa vão integrar sistemas eCall, uma tecnologia que estabelece um contacto imediato com os serviços de emergência em caso de acidente.

A plataforma deverá estar plenamente funcional a partir de outubro de 2015, altura em que todos os modelos de automóveis de passageiros e veículos comerciais ligeiros novos vendidos no espaço da União Europeia terão que ter o sistema eCall instalado.




A meta é assegurada por duas propostas legislativas adotadas esta quinta-feira pela Comissão Europeia, que estabelecem a criação da infraestrutura necessária para a receção e tratamento adequado das chamadas, assegurando a compatibilidade, interoperabilidade e continuidade do serviço eCall em toda a UE.

O eCall ativa-se automaticamente quando os sensores integrados no carro detetam um embate violento. Uma vez ativado, marca o número de emergência único europeu 112, estabelecendo contacto com telefónico com o centro de resposta correspondente para enviar dados como a hora exata do acidente, a localização do veículo e o sentido de circulação em que este seguia.

O sistema também pode ser ativado manualmente - por exemplo por uma testemunha -, carregando num botão próprio instalado no veículo.

De acordo com as previsões da CE, o eCall vai acelerar os tempos de resposta nestes casos em cerca de 40% nas zonas urbanas e em 50% nas zonas rurais, salvando pelo menos 2.500 vidas por ano.

As propostas legislativas adotadas necessitam agora de ser aprovadas pelo Conselho e pelo Parlamento Europeu.











TeK