Um homem de 39 anos foi esta tarde de quarta-feira condenado pelo Tribunal de Alenquer a cinco anos de prisão, com pena suspensa, pelo crime de pornografia de menores, na forma continuada, pela partilha na Internet de vídeos e fotografias de crianças e adolescentes em poses eróticas e pornográficas.

Entre Abril de 2009 e Março de 2010, o arguido, descarregou ficheiros de imagens que mostram menores a "praticar relações sexuais e em poses eróticas e pornográficas", utilizando para o efeito programas de partilha de ficheiros na Internet, cuja sessão mantinha aberta continuamente no computador pessoal.

Segundo a acusação, o arguido descarregou mais de três centenas de ficheiros de imagens que tinha guardado em dois computadores, os quais foram apreendidos pela Polícia Judiciária aquando de buscas à sua residência.

O mecânico, casado e pai de um menor, estava ainda acusado de três crimes de usurpação, por ter descarregado mais de uma dezena de ficheiros de música no mesmo período, mas acabou absolvido deste crime.

jn