1.jpg

Pelo menos uma pessoa morreu e 30 ficaram feridas, esta noite, no Egito, na sequência de confrontos entre apoiantes e opositores do presidente Mohamed Morsi, no mais recente episódio de agitação no país.

De acordo com o ministério, citado pela agência oficial MENA, uma pessoa morreu e 30 outras ficaram feridas em confrontos na noite de quinta-feira em Sharqiya, no norte do Egito.

Os violentos confrontos entre manifestantes pró e anti-presidente eclodiram em frente à sede do Partido Liberdade e Justiça (PLJ), braço político da Irmandade Muçulmana, da qual provém Morsi.

A vítima mortal é membro do PLJ, segundo indicou a formação política na sua página no Facebook.

Os confrontos ocorrem num clima de forte tensão no país antes de uma mobilização massiva contra Morsi, prevista para o próximo domingo, 30, dia em que se assinala o primeiro aniversário da sua chegada ao poder.


tvi