A Michelin em conjunto com a Drayson Racing, após duas tentativas, estabeleceu a nova marca mundial de velocidade máxima de um veículo elétrico, em categoria de menos de mil quilos. O piloto Lord Drayson, com o protótipo elétrico Drayson B12 69/EV bateu o recorde anterior de 285,6 km/h que vigorava há 40 anos, em 47,654 km/h fixando o novo recorde em bombásticos 333,23 km/h.

Os pneus Michelin Endurance LM P1, especificamente concebidos para altas velocidades em corridas de resistência e desenvolvidos em parceria com as melhores equipas do Campeonato do Mundo de Endurance equiparam o protótipo Drayson nas medidas 33/68-18 à frente e 37/71-18 atrás.









a bola