1. #1
    Avatar de kokas
    Registo
    Sep 2006
    Posts
    40.723

    Padrão Três milhões de euros por ter sido "esquecido" na prisão

    Um estudante californiano que foi deixado alemado numa cela federal durante quase cinco dias, sem comida ou água, chegou a acordo com a agência de luta contra a droga dos EUA para o pagamento de uma indemnização.



    Daniel Chong foi detido junto com outras oito pessoas numa operação contra o tráfico de ectasy a 21 de abril de 2012, numa casa em San Diego. Quando as autoridades determinaram a sua inocência, um polícia colocou-o numa cela de 3 por 1,5 metros, dizendo "voltamos num minuto". Demoraram quase cinco dias.




    O estudante da Universidade da Califórnia, de 24 anos, viria depois a ficar cinco dias no hospital, três dos quais nos cuidados intensivos. Quando foi encontrado sofria de desidratação aguda, alucinações, falhas nos rins e no fígado e tinha perdido quase sete quilos. Durante o cativeiro, terá bebido a própria urina para sobreviver.
    No ano passado, Chong pediu uma indemnização às autoridades no valor de 20 milhões de dólares, tendo agora chegado a acordo para receber 4,1 milhões (cerca de três milhões de euros).
    "O que aconteceu a Daniel Chong não devia acontecer a ninguém neste planeta", afirmou um dos seus advogados, Eugene Iredale, indicando que a agência anti-droga (DEA) pediu desculpas, assumiu a responsabilidade e mudou a sua política para com os prisioneiros nas suas celas de detenção temporárias.



    Dn

  2. #2
    Avatar de maar3amt
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    35
    Posts
    7.777

    Padrão Daniel Chong: Estudante esquecido pela polícia na cela por 5 dias, recebe recompensa de $3 milhões



    Um estudante que foi forçado a beber sua própria urina para sobreviver depois de ser preso nos Estados Unidos e ter sido esquecido pela polícia durante 5 dias, aceitou recompensa de $ 3.000.000.


    Daniel Chong, 24 anos, foi detido erradamente durante uma grande operação de anti-drogas em San Diego, Califórnia, em abril passado e foi enviado para uma cela investigações pendentes.


    No entanto, agentes da Agência de Repressão às Drogas simplesmente se esqueceram dele "proporcionando" cinco dias alucinantes, bebendo sua própria urina para sobreviver e até mesmo quebrando seus óculos de arranhar "Desculpe, mãe" em seu braço.


    Quando foi finalmente descoberto, Daniel, um estudante de engenharia na Universidade da Califórnia, prometeu processar a polícia em $15.000.000, mas já aceitou o montante de $3 milhões.


    Ele disse: "Foi um acidente, um ruim e horrível acidente".


    Ele acrescentou: "Eu tive que reciclar minha própria urina. O que eu tinha que fazer para sobreviver. Eu estava completamente louco. É impossível descrever alucinações como estas. "


    Quando foi descoberto, ele foi levado ao hospital e tratado por cãibras e desidratação e sofreu uma perda de 15 kg no peso.


    Seu advogado Eugene Ireland, disse: "O que aconteceu com Daniel, jamais deve acontecer a qualquer ser à face do planeta humano.


    "O governo reconheceu o profundo sofrimento que Daniel passou."

Tópicos Similares

  1. Respostas: 0
    Último Post: 12-01-2011, 12:52
  2. Respostas: 0
    Último Post: 19-10-2010, 21:54
  3. Respostas: 0
    Último Post: 29-05-2009, 16:30
  4. Respostas: 0
    Último Post: 24-07-2008, 10:02

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar