Menina, de 13 anos, foi sujeita a vários atos sexuais por parte do pai durante meses a fio. Vítima não aguentou e acabou por revelar à mãe o que se passava
A menina, de 13 anos, era alvo de abusos por parte do pai há vários meses. Os atos sexuais decorriam na casa onde a família vivia, em Vila Nova de Gaia, sempre quando a mãe da menor se ausentava. A vítima foi mantendo o silêncio, mas, há dias, o segredo que guardava tornou-se demasiado pesado. A menor revelou tudo à mãe, que de imediato apresentou queixa na GNR.
O pedófilo, de 40 anos, foi detido pela Polícia Judiciária do Porto e foi ontem ouvido por um juiz de instrução criminal. Ao fecho desta edição, não eram ainda conhecidas as medidas de coação aplicadas.
Os abusos duravam desde o início deste ano. O suspeito, que trabalha como operador de máquinas, aproveitava os momentos a sós com a filha para cometer os crimes.
A menina era forçada a vários atos, de forma repetida. O pedófilo obrigava-a a manter o silêncio. Dizia-lhe mesmo que nunca ninguém iria acreditar na sua versão.
Diante da mãe, a criança disfarçava o sofrimento que a atormentava. Os abusos começaram, no entanto, a ocorrer com cada vez mais frequência e a menina não aguentou e revelou tudo à progenitora.
A menina já realizou exames médicos no Instituto de Medicina Legal do Porto, que confirmaram os abusos sexuais de que foi alvo. A vítima está muito abalada e terá agora de receber apoio psicológico.
O abusador sexual não tem antecedentes criminais e nunca levantou suspeitas às pessoas mais próximas.



cm