1.jpg
Uma criança de 10 anos – filha de um agente da PSP a prestar serviço no Porto – morreu ontem após ter sido atingida acidentalmente com um tiro quando brincava com o irmão e um primo em casa dos avós, em Travanca de Bodiosa, Viseu.
Leonor Santos não resistiu aos ferimentos no tórax e morreu a caminho do Hospital de Viseu. Ao que o Correio da Manhã apurou, pouco passava das 18h30 quando o primo, de 13 anos, foi a um armário buscar a pistola – ilegal e propriedade do avô.
Retirou o carregador, mas ainda havia uma bala na câmara da arma. Acidentalmente, Leonor foi atingida e caiu nos braços de um familiar. Ao ouvir o tiro, os vizinhos concentraram-se junto à casa. A GNR esteve no local e chamou a PJ de Coimbra. O primo vai ser acompanhado por psicólogos.


cm