1.jpg
O soldado Bradley Manning, responsável pela fuga de informação de milhares de documentos confidenciais para o Wikileaks, foi condenado a 35 anos de prisão esta quarta-feira, informa a Reuters.

Bradley Manning foi ainda expulso do exército.

A pena de 35 anos será reduzida devido ao tempo já cumprido.


tvi24