1.jpg

Christopher Lane, jogador de basebol australiano em turismo nos Estados Unidos, foi morto a tiro por três jovens que decidiram assassiná-lo "por diversão".

O desportista e estudante de 22 anos estava de visita à cidade de Duncan, Oklahoma, nos Estados Unidos, onde residia a namorada, quando foi assassinado por três adolescentes que estavam "aborrecidos" e decidiram mata-lo por diversão, segundo informações da polícia local.



O crime ocorreu na sexta-feira durante o dia. Quando Lane passou em frente à casa onde estavam os adolescentes, foi perseguido e baleado nas costas.
"Ele passou pela casa onde estavam os três rapazes, escolheram-no como alvo, saíram da casa, entraram num carro e seguiram-no" revelou o chefe da polícia, Dan Ford à Australian Broadcasting Corporation.
Dan Ford acrescentou que Christopher Lane foi escolhido aleatoriamente. "O rapaz que falou connosco disse: 'Estávamos aborrecidos e não tínhamos nada que fazer, decidimos matar alguém'", contou o polícia.
O australiano, jogador de basebol em Melbourne, foi alvejado nas costas com um arma de calibre .22. Os três adolescentes, Chancey Luna, 16 anos, James Edwards, 15 anos, e Michael Dewayne Jones, 17 anos, ainda fugiram, mas a polícia conseguiu rapidamente identifica-los e detê-los.


1.jpgdn