Uma das maiores comunidades online de armazenamento e divulgação de resultados Benchmark, a HWBOT, decidiu suspender e banir todos os resultados que foram apresentados por utilizadores com o Windows 8.

Segundo justificam os responsáveis pelo HWBOT, esta decisão deve-se ao facto do Real Time Clock (RTC), o relógio presente no novo sistema operativo da Microsoft, que além de servir para garantir a hora e data correta do computador, está também a ser usado pelas aplicações para medir o desempenho da máquina.



“Ao sincronizar com o Real Time Clock, o benchmark sabe exatamente quanto tempo se passou, e considera esse valor como válido integrando-o no no cálculo do desempenho do seu sistema”.

Benchmark Result at default Result after underclock Difference
Wprime32M 5.605 5.235 + 7.07%
Prime95 13.622 13.423 + 1.48%
Heaven DX11 1417.982 1522.567 + 7.38%
SuperPI 32M 7min 33 7min 10.799 + 5.10%
PiFast 15.78 14.88 + 6.05%
Aquamark3 351,160 371,902 + 5.91%
3DMark Ice Storm 141,977 150,526 + 6.02%
3DMark Cloud Gate 20462 21676 + 5.93%
3DMark Fire Strike 4727 5012 + 6.03%



A culpa está, segundo indicam, na Microsoft que desenvolveu o Windows 8 para que este fosse compatível o mais possível com outros dispositivos, tendo sido “forçada” a alterar o Real Time Clock e na forma como ele mede o tempo, provocando que os resultados obtidos sejam errados.

Fonte: Wintech

A Microsoft já terá sido informada assim como a Futuremark, empresa responsável pelo desenvolvimento de aplicações de benchmark como o 3DMark e o PCMark.