1.jpg

O Presidente de Moçambique, Armando Guebuza, assiste hoje à tomada de posse de Robert Mugabe como Presidente do Zimbabué, num novo mandato de cinco anos, na sequência da sua vitória nas eleições de 31 de julho.

Armando Guebuza estará acompanhado pelos ministros moçambicanos dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Oldemiro Baloi, e da Defesa Nacional, Filipe Nyusi, segundo uma nota da Presidência de Moçambique, citada pela agência AIM.



Mugabe toma posse depois de o Tribunal Constitucional ter rejeitado o recurso interposto pelo líder do Movimento para a Mudança Democrática (MDC) e primeiro-ministro cessante no Governo da unidade nacional, Morgan Tsavangirai, que alegava a ocorrência de fraude nas eleições.
Tsvangirai, derrotado pela terceira vez por Mugabe, apresentou um recurso aos tribunais, para anular o escrutínio de 31 de julho, alegando que as listas eleitorais, boletins de voto e a inscrição dos eleitores tinham sido manipuladas para favorecerem a vitória de Mugabe e do partido União Nacional Africana do Zimbabwe-Frente Patriótica (ZANU-PF).
Países como os Estados Unidos e o Reino Unido manifestaram dúvidas quanto à credibilidade do processo eleitoral e anunciaram o prosseguimento das sanções ao governo de Mugabe que mantêm há anos.


dn