O atual CEO anunciou que vai sair da gigante do software nos próximos 12 meses.

De acordo com o The Verge, a Microsoft acaba de anunciar que Steve Ballmer vai reformar-se nos próximos 12 meses. Ballmer vai abandonar o cargo de CEO assim que o processo de escolha do seu sucessor estiver concluído.

Numa carta aberta à equipa, o controverso CEO explica a decisão e a estratégia para o futuro da empresa: “Embarcámos numa nova estratégia com uma nova organização e temos uma fantástica equipa sénior de liderança. Nos meus planos iniciais para a reforma, deveria sair no meio da transformação da nossa empresa para uma de dispositivos e serviços. Precisamos de um CEO que esteja por cá a longo prazo para esta nova direção.”

O sucessor de Ballmer será escolhido por um comité especial, que incluirá Bill Gates. Pode ler a carta de Steve Ballmer na íntegra no site da Microsoft.

Actualização: Entretanto, a bolsa de valores norte-americana já reagiu à notícia, com a ações da Microsoft a valorizarem 7%.

Fonte: EI