1.jpg

A GNR de Braga capturou, na noite de quinta-feira, uma mulher que se encontrava fugida há dois anos, quando conseguiu escapar do Tribunal de Arcos de Valdevez, onde aguardava o veredito do juiz, depois de ter sido detida por tráfico de droga.
Foi numa operação de controlo e fiscalização rodoviária, junto à ponte do Bico, em Braga, que a mulher, de 35 anos, foi identificada por um dos GNR.
Inicialmente, foi detetada uma irregularidade no carro e, quando pediu os documentos, o militar da GNR estranhou a postura algo titubeante da mulher.
"Primeiro, alegou não ter os documentos na sua posse. A seguir, disse necessitar ir à casa de banho e depois tentou mesmo fugir para o rio Cávado, tendo entrado na água", disse, ao JN, fonte oficial da GNR de Braga.


jn