1.jpg
Já é possível descobrir se está a ser traído apenas com a instalação de uma aplicação no seu smartphone. ‘Rastreador de Namorados’ nasceu pelas mãos de Matheus Grijo, um brasileiro de 24 anos, e está a gerar polémica no Brasil.

Apesar de terem ficado indignados com a possibilidade de espionagem por parte dos EUA, na sequência das denúncias feitas pelo ex-técnico da CIA Edward Snowden, os brasileiros parecem estar a aceitar bem a existência de uma aplicação que espia os seus parceiros.
“É um tipo diferente de espionagem em comparação com o programa de vigilância dos EUA. Aqui está a ser vigiado alguém que se conhece muito bem, não um estranho”, disse Marcia Almeida, uma brasileira de 47 anos que em 2006 se separou do marido devido a um episódio de infidelidade, em declarações ao ‘Huffington Post’.
COMO FUNCIONA O ‘RASTREADOR DE NAMORADOS’
O ‘Rastreador de Namorados’ vai funcionar como um detetive de bolso. A aplicação permite que a pessoa receba atualizações sobre a localização do seu parceiro e, em determinadas situações, ouvir mesmo o que a pessoa vigiada está a dizer.
Matheus Grijo, criador do ‘Rastreador de Namorados’, revelou que a aplicação já atraiu cerca de 50 mil utilizadores desde que foi lançada, há dois meses. A Google retirou a aplicação da sua loja online, mas o detetor de traições ainda pode ser descarregado a partir do site oficial e tem o custo de dois euros por mês.


cm