Chamas alastraram de Guimarães a Braga



Incêndio florestal de Briteiros, em Guimarães, entrou, esta manhã de segunda-feira, no concelho de Braga. Mais de 100 bombeiros, de corporações de Barcelos, Guimarães, Braga e Famalicão, evitam que as chamas atinjam o Santuário do Sameiro.

As chamas, que já ameaçaram casas e entraram em campos agrícolas, lavravam com intensidade em duas frentes, às 14.40 horas.

Na vertente virada a sul do Santuário do Sameiro existe um seminário (Carmelita) e uma congregação católica (Ordem de Santa Cruz) que vêm com apreensão as chamas aproximarem-se.

Segundo fonte dos bombeiros, o forte vento está a causar dificuldades acrescidas ao combate.

A estrada que liga o Santuário do Sameiro à Vila das Taipas foi cortada ao trânsito pela GNR.

Este incêndio teve início, domingo às 16 horas, no concelho de Guimarães e chegou a estar dominado ao início da madrugada. No entanto, voltou a ficar descontrolado.

No local estão mais de cem bombeiros, apoiados por 28 veículos operacionais e dois meios aéreos.







Jn