5 formas de apoiar um amigo que perdeu um animal



Perder um animal é perder um membro da família. Poucas pessoas que nunca tiveram um animal percebem isto. Quando se perde um familiar humano, há uma compreensão generalizada pela dor que a pessoa sente. Quanto se perde um animal, cão, gato, etc, há uma indiferença com a qual muitas vezes não é fácil de lidar.

Se quer mostrar a um amigo apoio neste momento difícil, temos 5 ideias cheias de significado.

1. Flores, plantas ou sementes

É a forma mais comum de prestar homenagem aos humanos que deixaram este mundo e não há razão para que não seja aplicada também quando se trata de animais.

Tipos de ofertas:

Em vez de oferecer um ramo, ofereça uma planta viva que o seu amigo possa cuidar em memória do animal. É um símbolo do animal e uma forma de canalizar as emoções que o seu amigo está a sentir.

  • Ofereça uma planta autóctone para plantar na campa do animal, caso haja uma.
  • Ofereça as sementes de uma planta para o seu amigo germiná-las
  • Ofereça um cacto que acompanhe o seu amigo durante muito tempo e o lembre sempre dos momentos bons que passou com o animal




2. Faça uma doação em memória do animal

São duas boas acções numa só. Faça uma doação a uma associação de animais em memória do animal do seu amigo. Entregue-lhe um cartão com essa informação. A memória do animal irá perpetuar-se na ajuda a outros animais.

3. Companhia canina

Não é preciso gastar dinheiro para prestar homenagem a um animal. Se há coisa que todos os donos de animais sabem é que ninguém melhor do que eles para compreenderem a nossa dor e nos ajudarem a ultrapassá-la. Combine com o seu amigo tempo juntos e leve o seu cão ou gato, para oferecerem algum conforto. Deixe o seu amigo desfrutar da companhia dos seus animais.

Não sugira ao seu amigo nos primeiros tempos ter outro animal. Um animal não substitui outro e essa sugestão pode ser entendida dessa forma. Para além de que os donos têm de fazer o luto de um animal para poderem pensar e concentrarem-se num novo companheiro.

4. Seja criativo

Escreva um poema, pinte um quadro, faça uma montagem com uma foto, ou escreva simplesmente um cartão com palavras honestas. Pense naquilo que o seu amigo mais iria valorizar e ponha em prática o seu lado mais criativo.


5. Cerimónia de despedida

Muitas vezes com os animais não é feito um enterro e não há uma cerimónia de despedida. Fale com o seu amigo e pergunte-lhe se não estaria interessado em fazer algo simbólico:

  • enterrar uma fotografia do cão no local preferido para brincar ou passear
  • acender uma vela e deixar queimar até ao fim
  • reunir a família e cada um diz algumas palavras em memória do animal
  • ir a um local bonito e deixar uma flores com a fotografia do animal
  • fazer uma composição com pedras em volta da fotografia do animal
  • gravar uma lápide ou placa e deixá-la num local especial
  • qualquer outra ideia que faça sentido para o seu amigo.


6. Ouvir e ouvir

Seja um ombro amigo. Disponibilize-se para o ouvir falar sobre o animal, sobre as coisas boas e más que passaram e nunca banalize a má experiência pela qual o seu amigo está a passar.

Respeite também o silêncio do seu amigo. Se ele não quiser falar ou fazer algo em memória do animal, respeite. Cada pessoa sofre à sua maneira independentemente da forma como exterioriza as emoções. Mantenha-se disponível.


ARCADENOE.SAPO.PT