Um grupo de rebeldes disfarçados de soldados mataram sete pessoas, esta madrugada, num ataque contra uma esquadra da polícia na região da Caxemira indiana, informaram as autoridades.



Os militantes, todos envergando uniformes militares, lançaram granadas e abriram fogo contra uma esquadra da polícia de Hiranagar, a cerca de 200 quilómetros da principal cidade de Srinagar, indicou fonte policial.




"Podemos confirmar que cinco agentes e dois civis foram mortos no ataque", indicou o mesmo responsável, em declarações à agência AFP.
Caxemira, a única região com maioria muçulmana na Índia -- maioritariamente hindu -- está dividida entre o Paquistão e a Índia desde a independência de ambos os países do Império Britânico, em 1947.
Os dois países já se viram envolvidos em conflitos armados.
Na parte administrada pela Índia surgiu na década de 1990, com apoio do Paquistão, um movimento rebelde contra o Estado indiano.



dn