«Dá muito jeito desviar as atenções do que se passou em Guimarães» - Pinto da Costa

Pinto da Costa garante não ter dirigido qualquer palavra a Nuno Lobo na tribuna de honra do Estádio António Coimbra da Mota, acusando o presidente da Associação de Futebol de Lisboa de querer ganhar «protagonismo» à custa do FC Porto.

«Vi num jornal que o insultei. Não lhe dirigi uma palavra. Nem de insulto, nem de louvor, porque não falo com esse senhor. Ignorei-o completamente. Mas há gente que precisa de protagonismo.

E esse protagonismo é tentar uma guerra com o FC Porto, o que, neste momento, dá muito jeito, para desviar as atenções do que se passou em Guimarães», afirmou o presidente dos azuis e brancos, em entrevista ao Jornal de Notícias.

Sobre as alegadas agressões de Adelino Caldeira a Nuno Lobo, disse Pinto da Costa que o líder da AFL «terá de o provar».

«Até o senhor presidente do Estoril veio dizer que não. Porque realmente não foi», sustentou.

Fonte: A Bola