1.jpg


O presidente da Comissão de Acesso ao Ensino Superior (CNAES), Virgílio Meira Soares, demitiu-se. Numa carta enviada aos deputados acusa o Governo de "incompetência", "teimosia" e "má-fé". Jorge Araújo, representante do Conselho de Reitores também bateu com a porta.

Meira Soares considera que o atual Executivo tem demonstrado "uma propensão para lançar privados contra público e novos contra velho, manifestando claramente uma aversão aos aposentados em geral", conforme se pode ler na carta, a que o "Diário Económico" teve acesso.



Sublinhado que percebe que "numa situaçaõ de emergência, como a atual, o Estado se veja obrigado a quebrar algumas partes dos seus contratados", acrescenta que está escandalizado com o facto de Estado atacar "de maneira despudorada os que menos recebem, os desempregados e os doentes". "A incompetência dos gvernos é a maior responsável" pela situação do país e há "centenas de milhões de euros que estão perdidos por negligência ou por ações criminosas".
Dirigente da CNAES há 15 anos, desde que a comissão que define as regras de acesso ao ensino superior nasceu, Virgílio Meira Soares não recebia qualquer verba pelas suas funções desde 2000, depois de se ter aposentado.



dn