Antes de Paulo Machado visitar a Luz, na próxima semana, ao serviço do Olympiacos, o Benfica ainda terá de enfrentar outro membro da sua família. Jorge Machado, futebolisticamente reconhecido por Gomes e irmão mais velho do internacional português, veste a camisola do Cinfães. A coincidência suscitou várias brincadeiras nas conversas que mantêm diariamente. No duelo de amanhã, Gomes espera fazer a vida negra às águias, para que cheguem cansadas ao encontro da Liga dos Campeões. Por essa altura, já Paulo Machado terá recebido o diagnóstico pormenorizado que o cinfanense promete fazer à formação de Jorge Jesus.

“Somos mais do que irmãos. Somos superamigos”, começou por explicar Gomes, à reportagem de Record, mostrando-se disposto a fazer tudo o que estiver ao seu alcance para o ajudar a triunfar. “Em jeito de brincadeira, disse-lhe que vamos tentar levar o Benfica a prolongamento e ganhar a eliminatória nos penáltis. Assim, os jogadores vão chegar mais cansados ao jogo da Liga dos Campeões e será mais fácil para o Olympiacos”, revelou o médio do Cinfães.

Gomes, de 33 anos, não vai poder fazer companhia ao resto da família, em Lisboa, no apoio a Paulo Machado. “Tenho treino nesse dia e, se inventasse uma doença, dava logo nas vistas. Ainda era despedido”, gracejou. Mas a distância não invalida que, após defrontar o Benfica, troque “conselhos e algumas dicas” com o irmão. “Depois vou fazer-lhe o relatório direitinho”, prometeu, sorridente.



record