As mulheres do Zimbabwe que forem apanhadas pela polícia a usar minissaia são obrigadas a pagar uma multa que envolve dar aos agentes da autoridade galinhas, cabras e cinco litros de cerveja.



Em Masvingo, no Zimbabwe, segundo o jornal The Zimbabwe Mail, as mulheres têm feito queixas da polícia por terem de pagar multas em galinhas e cabras por usarem minissaias ou calções. O "pagamento" em 5 litros de cerveja também faz parte da multa aplicada pelas autoridades.




A denominada "polícia cultural", citada pelo jornal El Mundo, defende que quer manter os valores culturais e que algumas indumentárias das mulheres são repugnantes. "Como conseguem estar à frente de um pai assim vestidas?", questiona ainda a polícia.
É mais um exemplo da forte opressão religiosa e moral que vive o país de Robert Mugabe, onde são constantes os ataques contra a liberdade de mulheres e homossexuais.



dn