Escolhia como alvo casas de pessoas abastadas e vigiava as suas vítimas ao pormenor. A PSP de Coimbra anunciou ontem a detenção de um homem, de 47 anos, suspeito da autoria de mais de uma dezena de assaltos a residências ocorridos entre agosto e outubro, sobretudo na zona dos Olivais. Conseguiu furtar milhares de euros em bens - só de uma casa furtou mais de 100 mil € em artigos de vestuário e ourivesaria.

Segundo fonte policial adiantou ao CM, a população residente na zona habitacional alvo dos furtos "andava alarmada e com um grande sentimento de insegurança". O detido, que já cumpriu pena de prisão pelo crime de furto e estava referenciado pela PSP pelo consumo de droga, entrava nas casas após escalar as paredes e depois arrombava as portas ou janelas.
Já dentro das casas, furtava apenas os artigos de maior valor e menos volumosos. Na maioria dos casos não se encontrava ninguém nas casas. Foi detido fora de flagrante delito após realização de perícias técnicas realizadas a provas que deixou nos locais que assaltou. Presente a um juiz de instrução de Coimbra, foi-lhe decretou prisão preventiva na cadeia de Aveiro. A PSP de Coimbra tenta apurar o número total de assaltos feitos pelo homem.



cm