O período dos militares da GNR na reserva vai ser reduzido de cinco para dois anos, de forma progressiva. O anúncio foi feito esta sexta-feira de manhã no Parlamento pelo ministro da Administração Interna.

«Na GNR, a reserva vai passar de cinco para dois anos. Nós vamos reduzir de forma progressiva», com uma redução de seis meses em cada ano, explicou Miguel Macedo, na audição sobre o Orçamento do Estado (OE) para o próximo ano.

Segundo o programa orçamental da segurança interna para 2014, o número de elementos da GNR na reserva passou dos 1.982, em 2009, para os 6.570, em 2013, representando mais de 23 por cento dos militares da GNR.



lusa