O Windows XP vai acabar em abril do próximo ano, mas a Microsoft pretende garantir a protecção dos utilizadores. Assim, irá corrigir falhas críticas no suporte do sistema operativo.

No Patch Tuesday de Novembro, a empresa multinacional de tecnologia e informática vai corrigir oito falhas, três das quais classificadas como críticas, enquanto as restantes são apresentadas como importantes.

Os problemas mais graves afectam todas as versões do Windows e permitem a execução remota de código.

A versão Service Pack 2 e a Service Pack 3 do Windows XP são afectadas pelas falhas que a Microsoft irá detalhar na próxima terça-feira, dia 12 de Novembro. Uma das falhas críticas nestas versões do software diz respeito às versões 6, 7 e 8 do Internet Explorer e as outras duas estão no sistema operativo.

Todas as versões posteriores ao Windows XP também são afetados pelas falhas, tais como o Vista, o Windows 7, o Windows 8 e o Windows 8.1.

Apesar da multinacional norte-americana terminar com o Windows XP nos próximos meses, refere que ainda vão ser feitas mais cinco correcções. Enquanto algumas destas falhas permitem também a execução remota de código, existem problemas que permitem explorar técnicas de negação de serviço e de acesso a privilégios do sistema.

Fonte: BIT