Muitas culturas consideram mulheres como “deusas” por algumas qualidades inerentes às pessoas do sexo feminino.
Uma das mais louváveis foi retratada pelo fotógrafo Georges Pacheco - o milagre da amamentação.

Na série chamada de “Amalthée”, o fotógrafo presta homenagem a esse ato de amor fazendo referências às pinturas renascentistas
italianas e holandesas. Há também uma referência à sensualidade presente em muitas das pinturas da Idade Média.
Na série, as mães são retratadas como “Madonnas”, aproveitando para questionar o papel da maternidade nos dias de hoje.

Com muita sensibilidade, o fotógrafo consegue registrar com maestria a bela conexão existente entre mães e filhos.

Esse trabalho esteve em exposição até 27 de Outubro, na Avenida da Liberdade, em Braga, Portugal,
no âmbito dos Encontros da Imagem, cujo tema este ano é o amor e a família.

Vê algumas das imagens que seleccionei