1. #1
    Avatar de kokas
    Registo
    Sep 2006
    Posts
    40.723

    Padrão Explosão em restaurante faz cinco feridos

    1.jpg

    Pelo menos cinco pessoas feridas é o balanço provisório de uma explosão, cerca das 23:00, num restaurante do Pinhal Novo, apurou a TVI24. Dos cinco feridos, quatro são militares da GNR e um será civil.

    A explosão ocorreu no restaurante «O Refúgio». As primeiras informações indicam «que um homem terá provocado a explosão com uma granada».

    Fonte do CDOS adianta que no local está o INEM, GNR e bombeiros, num total de 44 operacionais.

    A GNR não dá informações, mas admite que se trata de «uma situação muito grave».








    tvi24

  2. #2
    Avatar de zuma
    Registo
    Sep 2006
    Idade
    45
    Posts
    454
    O homem, de nacionalidade moldava, que ao final da noite de ontem se barricou num restaurante próximo da estação ferroviária do Pinhal Novo, acabou por falecer devido aos ferimentos provocados pela intervenção de segurança da GNR. Também um militar faleceu neste incidente e outras seis pessoas ficaram feridas, dos quais alguns civis. Este sequestro prolongou-se por mais de seis horas.


    Depois de mais de seis horas barricado num restaurante no Pinhal Novo, terminou há minutos o sequestro protagonizado por um cidadão de nacionalidade moldava, que entrou no edifício cerca das 22h00 de sábado empunhando uma arma de fogo, segundo fonte da corporação.

    Segundo o responsável pelas relações públicas da GNR de Setúbal, o tenente-coronel Jorge Goulão, o suspeito foi identificado pelas autoridades, sendo oriundo de um país da Europa de Leste, mas escusou-se a avançar mais informações, indicando também que se desconheciam ainda as motivações dos seus actos.

    De acordo com a GNR, o sequestrador terá entrado normalmente no restaurante 'O Refúgio', onde terá feito algum consumo e só depois terá exigido algum dinheiro e tentado fazer alguns reféns. O tenente-coronel Jorge Goulão refere ainda que o sequestrador terá recusado a rendição ao longo das mais de seis horas de negociações, pelo que acabou por ser necessária a intervenção táctico-policial.

    Duas explosões seguidas de tiros foram ouvidas cerca das 5h17, na zona do restaurante onde se encontrava barricado o indivíduo estrangeiro, que terá baleado o militar da GNR.

    Antes, cerca das 2h30, os negociadores da GNR tentaram um contacto telefónico com o indivíduo, que baleou o militar e provocou outros feridos com o rebentamento de um engenho explosivo no restaurante do Pinhal Novo, para procurar a sua rendição mas sem sucesso.

    Entre os seis feridos, quatro são militares da GNR, dos quais apenas um permanece internado no Hospital de São Bernardo, em Setúbal, tendo os restantes três tido já alta, e outros dois são civis, que terão sofrido apenas ferimentos ligeiros.

    Várias ambulâncias, veículos do Instituto Nacional de Emergência Médica e veículos dos bombeiros das corporações de Pinhal Novo, Moita, Montijo, Palmela e Setúbal acorreram ao local.

    Durante a madrugada, algumas habitações chegaram a ser evacuadas como medida de precaução.

    Fonte: NM

Tópicos Similares

  1. Explosão em Beirute faz 53 feridos
    Por kokas no fórum Arquivos
    Respostas: 0
    Último Post: 09-07-2013, 16:19
  2. Respostas: 0
    Último Post: 26-01-2011, 22:04
  3. Respostas: 0
    Último Post: 14-01-2011, 22:07
  4. Explosão em restaurante causa ferido grave
    Por delfimsilva no fórum Arquivos
    Respostas: 0
    Último Post: 04-07-2010, 15:41

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar