1.jpg

A Boeing alertou as companhias aéreas para o risco de formação de gelo no motor de alguns dos seus aviões 747 e 787, disse no sábado uma porta-voz do fabricante aeronáutico norte-americano.

Os motores que correm este risco são os da General Electric GEnx, instalados em alguns 787, havendo outras aeronaves deste modelo que têm motores Rolls-Royce Trent 1000, não sendo, por isso afetadas, indicou a porta-voz, citada pela agência AFP.



O alerta da Boeing surge depois de ter sido detetada a formação de gelo em motores de algumas aeronaves durante voos, o que reduzia temporariamente o seu desempenho, mas a empresa garante que este problema só afetou um pequeno número de motores GEnx.
A Boeing diz estar a trabalhar com a General Electric e as companhias afetadas para resolver esta situação, mas até lá pede precaução com os aviões em causa.
O 787, o último modelo lançado pela Boeing, tem sofrido vários problemas este ano.



dn