1.jpg

Um negócio de droga falhado entre cinco pessoas acabou com três delas sequestradas. Uma foi mesmo torturada: os dois homens amarraram um terceiro a uma cadeira e pingaram-lhe plástico a ferver nos testículos e na cabeça. Acabaram detidos numa casa da Amadora, onde tinham um outro casal amarrado. Estes foram salvos pela pronta intervenção da PSP de Loures e da Amadora.

O violento episódio começou pelas 20h00 de anteontem, numa casa num prédio da zona da Arroja, em Odivelas. Dois homens, com cerca de 30 anos, deslocaram-se até essa habitação com o objetivo de cobrar uma dívida de vários milhares de euros, ao que tudo indica por um negócio de droga. Naquela casa estava um casal e o seu senhorio, que, às tantas, no decorrer de uma violenta discussão, foram espancados e sequestrados pelos dois homens armados. Estes ameaçaram-nos com uma faca.
O senhorio acabou amarrado a uma cadeira, altura em que foi alvo da tortura dos agressores. Estes começaram a queimar plástico e deixaram-no pingar a escaldar sobre o corpo da vítima. O casal, com cerca de 40 anos, viu-se impotente para reagir. Aliás, estes acabaram também por ser levados à força pelos dois homens.
Apoderaram-se de um Opel Corsa, propriedade do casal sequestrado, e levaram-no até à zona da Mina, na Amadora. A viagem foi sempre feita sob ameaças de morte.
O senhorio, que ficou na casa de Odivelas, conseguiu soltar-se e alertou a polícia, dando a morada dos dois agressores. Os elementos da PSP de Loures pediram ajuda aos colegas da Amadora e deslocaram-se até à Mina.
Após os polícias baterem à porta, os suspeitos abriram-na aos agentes. No interior estava já o casal amarrado em cadeiras. Os dois suspeitos acabaram detidos e foram levados pela PSP.



cm