A polícia polaca encontrou grandes quantidades de carne podre na Silvercrest, uma fábrica irlandesa que fornece a cadeia de restaurantes Burger King, na Irlanda. A carne em mau estado foi descoberta durante uma investigação sobre a presença de carne de cavalo.

A carne putrefacta já apresentava tons de verde e castanho e estava armazenada em oito paletes, juntamente com bocados de carne fresca, avança o ‘The Guardian’. A Silvercrest argumentou que os alimentos estavam podres por terem permanecido guardados durante um ano, tempo que a fábrica esperou pelo relatório da investigação.

Contactada pelo Correio da Manhã, fonte da Burger King em Portugal esclarece que a Silvercrest não é um fornecedor de carne para o território nacional.
Esta não é a primeira vez que a fábrica irlandesa se vê envolvida numa polémica relacionada com a qualidade dos seus produtos. A Silvercrest também foi uma das empresas onde se confirmou a presença de carne de cavalo vendida aos supermercados Aldi, Co-op e Tesco.



cm