O treinador da Juventus garante que não vai fazer poupanças no jogo desta segunda-feira frente ao Sassuolo a pensar no embate da Liga Europa com o Benfica, na quinta-feira.

«Tomamos decisões sempre com o objetivo de vencer. O jogo de uma vida é sempre o próximo. Se tiver de fazer alterações em alguns setores devido baseadas nos níveis físicos dos jogadores, farei. Este jogo com o Sassuolo é demasiado importante», disse, lembrando que um triunfo deixa a Juve a um ponto do título.

Antonio Conte atirou-se ao treinador da Roma, Rudi Garcia, que pediu aos adversários para darem tudo frente à Juventus de modo a manter-se na corrida pelo título: «Sinceramente não estou surpreendido com esses comentários. Considero-os provincianos e posso colocá-los no ficheiro de “conversas de café”. Penso que o campeonato italiano não precisava de Rudi Garcia para dar motivação às equipas que defrontam a Juventus. Durante muitos anos, os jogos com a Juve eram encarados como o jogo de uma vida. Acho que também foi desrespeitoso em relação aos treinadores, jogadores, clube e adeptos.»