O Presidente russo Vladimir Putin disse, esta sexta-feira, que "uma verdadeira guerra civil está em curso na Ucrânia". No dia em que pelo menos cinco pessoas morreram em combates entre membros das milícias pro-Rússia e forças ucranianas perto da cidade oriental de Donetsk, noticiou a AFP.
Um fotógrafo da agência de notícias francesa disse ter visto cinco corpos perto da localidade de Karlivka, a noroeste de Donetsk.



Quatro deles seriam rebeldes e o quinto, possivelmente, um voluntário junto do exército.
Os combates no leste da Ucrânia têm-se intensificado, nas vésperas das eleições presidenciais de domingo, que os rebeldes pro-Rússia prometeram perturbar.
Na quinta-feira, ataques realizados por combatentes separatistas nas regiões de Donetsk e Lugansk mataram um total de 18 soldados, segundo um novo balanço feito pelo exército.
Este foi o dia mais mortífero para o exército ucraniano desde que lançou a chamada "operação antiterrorista" contra os rebeldes em meados de abril.



dn