O Serviço Secreto dos EUA, que assegura a proteção do Presidente, deteve na sexta-feira um homem que se despiu frente à Casa Branca, ao lhe ser negada a entrada depois de dizer que tinha uma reunião com Barack Obama.



O episódio levou ao encerramento durante meia hora da Avenida Pensilvânia, onde está a residência presidencial.




A agência noticiosa Efe testemunhou que quatro agentes agarraram o homem, que já se tinha despido totalmente, e derrubaram-no, depois de terem insistido que deixasse de retirar a roupa e se vestisse.
Testemunhas do incidente, que ocorreu às 14:45 locais (19:45 de Lisboa), disseram à Efe que o homem disse aos guardas da segurança que tinha uma reunião com Obama.
Depois de os guardas lhe dizerem que não estava registado para poder entrar, começou a retirar a roupa, repetindo que tinha uma reunião com Obama.
O homem foi identificado, pelo porta-voz do Serviço Secreto, George Ogilvie, como sendo Michel Bechard, tendo sido transportado para um hospital por apresentar ferimentos.



dn