As ativistas do movimento feminista Femen, fundado na Ucrânia, tentaram simbolicamente ministrar vacinas antifascismo aos franceses no dia das eleições europeias, diante de cartazes de Marine Le Pen.
O charme das enfermeiras não dissuadiu os eleitores gauleses de dar um resultado sem precedentes à Frente Nacional, que ganhou as eleições com 25% dos votos.






jn