Um navio chinês embateu contra um barco de pesca vietnamita afundando-o, num incidente ocorrido em águas territoriais de ilhas disputadas por Pequim e Hanói que não fez vítimas, informaram hoje fontes oficiais do Vietname.



Tripulantes da embarcação de pesca, que foram socorridos por outros barcos vietnamitas na sequência do incidente de segunda-feira à tarde, indicaram que o barco foi cercado por 40 navios chineses antes de ser atingido, refere a imprensa vietnamita. "Confirmo que o barco de pesca foi abalroado", disse fonte oficial do Centro de Coordenação Regional de Salvamento e Busca do Vietname, na cidade de Danang (centro), em declarações à agência AFP.




A bordo do barco vietnamita que naufragou seguiam dez pescadores, refere um relatório da guarda costeira vietnamita. Segundo os 'media' do Vietname, o incidente ocorreu a cerca de 30 quilómetros a sul da controversa plataforma de perfuração instalada pela petrolífera estatal chinesa CNOOC nas disputadas águas do Mar do Sul da China, no início de maio, perto das ilhas Paracel, alegadamente ricas em petróleo, cuja soberania é reivindicada por Pequim e Hanói.
O gesto desencadeou os mais graves protestos anti-China em décadas verificados no Vietname, os quais resultaram na morte de pelo menos três chineses e em mais de uma centena de feridos. Mais de 6.000 chineses foram retirados do país devido à onda de violência e Pequim, em jeito de resposta, decidiu suspender os planos de trocas bilaterais com o Vietname. Este é o primeiro caso de um naufrágio desde que a contenda territorial se agudizou no início do mês, já que dezenas de barcos chineses e vietnamitas, incluindo civis e pesqueiros, se têm 'enfrentado' na zona disputada, havendo relatos de abalroamentos e do uso de canhões de água. Os governos da China e do Vietname ainda não proferiram comentários sobre o recente incidente.



dn