As autoridades indianas elevaram hoje para 23 o número de mortos do acidente de comboio que ocorreu, na segunda-feira, no estado de Uttar Pradesh, no norte do país.



"Foi confirmada a morte de pelo menos 23 pessoas e 44 feridos. O número deverá aumentar", disse Anil Kumar Saxena, porta-voz da Indian Railways, em declarações à agência AFP.




O acidente ocorreu na manhã de segunda-feira quando o comboio de passageiros - o Gorakhdham Express -- colidiu com outro de mercadorias que se encontrava parado, no distrito de Sant Kabeernagar.
A colisão levou ao descarrilamento de seis carruagens do comboio de passageiros perto da estação de Khalilabad, a 700 quilómetros a leste de Nova Deli, quando este seguia rumo a Gorakhdham, proveniente de Hisar, no vizinho estado de Haryana.
Foi anunciada a abertura de uma investigação para se apurarem as causas do acidente e definirem compensações para as vítimas.
A rede de caminho-de-ferro da Índia, uma das maiores do mundo, figura como a principal forma de locomoção para viagens de longa distância no vasto país, apesar dos frequentes acidentes com vítimas mortais.



dn