Pelo menos uma pessoa morreu e outra ficou ferida esta madrugada num ataque à casa do novo primeiro-ministro líbio, Ahmed Miitig, disse à agência noticiosa espanhola EFE fonte do gabinete de imprensa do chefe do governo.



As vítimas fariam parte do grupo de quatro homens armados que atacaram a residência, vazia na altura, e que encontraram resistência por parte dos agentes de segurança que guardavam a casa.




Segundo a mesma fonte, um dos atacantes foi detido pelos guardas.
A Líbia atravessa uma profunda crise política e de segurança desde o passado dia 16, quando o ex-general Khalifa Haftar dirigiu um ataque contra os islamitas em Bengasi (leste). O Governo acusou-o de estar a promover um golpe de Estado.
Hafter exigiu a criação de um conselho supremo e de um governo de emergência para dirigir o país até às próximas eleições legislativas de 25 de junho.
A tarefa está a cargo de Ahmed Miiting e do seu governo, que tomaram posse no domingo num clima de tensão.



dn