A Rússia está disposta a enviar ajuda humanitária para a região leste da Ucrânia, cenário de combates entre separatistas pró-russos e o exército ucraniano, e pediu autorização a Kiev para realizar a operação.




O Ministério dos Negócios Estrangeiros russo informou, esta quarta-feira, que enviou uma carta às autoridades ucranianas na qual refere que a "Rússia continua a receber pedidos insistentes de cidadãos e de organizações da zona de conflito (...) com apelos para a prestação urgente de ajuda humanitária".
"A parte russa está disposta a prestar assistência à população destas regiões e propõe à Ucrânia tomar as medidas necessárias, o mais rápido possível, para garantir o envio urgente de ajuda humanitária russa", referiu um comunicado divulgado na página na Internet do ministério.
A mesma nota informativa acrescentou que "as rotas e as condições do fornecimento da ajuda poderão ser acordadas pelas respetivas instituições dos dois países".
"Dado o caráter urgente da situação, a parte russa espera receber uma rápida resposta da Ucrânia", concluiu a missiva da diplomacia russa.
Os combates entre as forças ucranianas e os rebeldes pró-russos recomeçaram hoje na cidade de Donetsk, epicentro da insurreição separatista na região leste da Ucrânia.



jn