A polícia regional catalã, os Mossos d'Esquadra, deteve 25 pessoas durante a terceira noite de violentos confrontos no bairro de Sants, no centro de Barcelona, depois de novos protestos contra o despejo e derrube de um imóvel histórico ocupado.
O bairro voltou ao final da noite de quarta-feira a transformar-se num cenário de batalha campal, com dezenas de pessoas, muitas delas com a cabeça tapada, a confrontarem-se com agentes da polícia autonómica apoiados por agentes da Polícia Nacional.



Em causa está uma decisão executada na segunda-feira quando a polícia despejou um imóvel ocupado há 17 anos na Can Vies, que foi posteriormente demolido.
A decisão levou a uma manifestação pacífica ainda na segunda-feira a que se seguiram violentos confrontos com a polícia, que resultaram em dois detidos e na destruição de mobiliário urbano e vários veículos, incluindo uma unidade móvel de uma televisão catalã.
Um novo protesto decorreu na terça-feira, terminando também com confrontos.
Na tarde e noite de quarta-feira voltaram a repetir-se os protestos pacíficos, que se alargaram em solidariedade a vários bairros de Barcelona e a diversas localidades da Catalunha.


dn