Uma cerimônia de casamento em Tennessee, nos EUA, tem chocado os internautas pela maneira diferente como entrou na igreja. De acordo com o Daily Mail, a noiva prendeu a sua filha, de apenas um mês, à cauda do vestido e arrastou a bebê no chão até chegar ao altar que, segundo ela, assim ficaria protegida por Cristo.

naom_538cbab4913b8.jpg

Uma americana celebrou o seu casamento de uma forma diferente.

A noiva do Tennessee, nos EUA, prendeu a sua filha recém-nascida à cauda do vestido e arrastou a bebê até ao altar.

As imagens chocaram quem viu e ela chegou mesmo a receber ameaças de denúncia. Porém, em sua defesa ela alegou que a filha estava “segura e coberta por Cristo”.

"As pessoas me questionam por que fiz, fazem comentários negativos. Nós cremos que estamos cobertos pelo sangue daquele que nunca perde seu poder. Então para a mídia, rádio, jornais e quem mais que queira falar sobre o assunto: 'Mídia, mídia sei como funciona, independente da situação ou do propósito sempre haverá coisas negativas a se dizer! A resposta é que fizemos o que nós queríamos fazer, e enquanto Jesus estiver ao nosso lado tudo vai funcionar bem e continuar bem”, escreveu a mãe da bebê na sua página de Facebook.




N.M