Fotografias publicadas pela imprensa daquele país indignam os atletas, que recusam agora falar à comunicação social.
Os futebolistas da seleção croata iniciaram um protesto e recusam falar à imprensa depois de jornais do seu país terem publicado fotografias suas - pelo menops de quatro jogadores - quando estavam nus na piscina do hotel em que estão alojados, em Praia do Forte, no passado sábado.



"Não posso obrigá-los a darem entrevistas depois do que lhes fizeram, bem como às suas famílias", afirmou esta segunda-feira o treinador croata, Niko Kovac, numa conferência de imprensa em que manifestou igualmente desconforto e irritação pelo sucedido.
O técnico explicou ainda que os atletas foram surpreendidos por fotógrafos, que se colocaram atrás de arbustos, quando retiraram os calções de banho. "Como é que vocês [jornalistas] se iriam sentir se vos tirassem fotos dessas e as publicassem em todo o mundo? Respeito a decisão dos meus atletas", sentenciou, sem adiantar quando é que o blackout vai terminar.



dn