O Deportivo Corunha decidiu esta terça-feira destituir Fernando Vázquez, que na época passada comandou o clube galego à subida à liga espanhola, assumindo falta de confiança no técnico.

"A falta de confiança do conselho de administração no treinador provocou esta tomada de decisão num momento em que, sem ter começado a pré-temporada, é ainda possível contornar a situação criada para gerar, na primeira equipa e em toda a estrutura profissional do clube, o ambiente de confiança necessário para desenvolver o projeto desportivo e empresarial que visa fazer do Deportivo uma equipa competitiva, a todos os níveis, na primeira divisão", lê-se no comunicado do clube.

Ainda de acordo com a informação colocada no site do emblema galego, a dispensa do técnico, de 59 anos, ocorreu depois de uma reunião do mesmo com o presidente do clube, Tino Fernández, na manhã de hoje.

Na semana passada, Fernando Vázquez, que treinava o clube desde fevereiro de 2013, quando sucedeu no cargo a Domingos Paciência, tinha contestado a política de contratações do Deportivo.

"Apesar da situação criada nos últimos dias, o Deportivo quer agradecer sinceramente a Fernando Vázquez a aposta feita em momentos complicados para a equipa e o trabalho realizado desde que chegou ao clube", refere o emblema galego, que aponta os seus esforços para encontrar um novo treinador até 14 de julho, data do reinício dos trabalhos.

Segundo o site, Tino Fernández vai analisar publicamente esta situação nos próximos dias, enquanto Fernando Vázquez vai protagonizar uma conferência de imprensa, ainda durante o dia de hoje.


record