O hoquista italiano Massimo Tataranni foi este sábado detido depois do jogo entre Espanha e Portugal, que consagrou a seleção transalpina campeã europeia de hóquei em patins, alegadamente por se envolver em distúrbios.

O atleta foi agredido por seguranças que se encontravam no pavilhão, em Alcobendas, tendo mais tarde sido detido pela polícia local. Tataranni não esteve presente na cerimónia de entrega dos prémios, não levantando por isso o troféu.




M