Um pequeno hotel em Nova Iorque tinha uma política que definia que os hóspedes que publicassem críticas negativas ficavam sem 500 dólares do depósito de caução.

2014-05-20-internet-endereco.jpg

O hotel situado em Hudson é uma pequena estalagem, muito usada para casamentos e festas familiares. Para assegurar as críticas positivas em sites como o Yelp, a Union Street Guest House tinha uma cláusula na sua política que previa a cobrança de 500 dólares por cada crítica negativa. Este valor seria retirado do valor da caução que os noivos ou a organização do casamento teria de adiantar. A política refere explicitamente críticas negativas feitas em qualquer site, pelo que os noivos teriam de alertar a família para não escrever nada de negativo em nenhuma página online, sob pena de terem de pagar a “multa”.

A notícia foi adiantada pelo New York Post e a guest house começou a ser bombardeada online pela audácia de cobrar pelas críticas negativas. Os responsáveis retiraram a cláusula do site e explicaram em comunicado que nunca cobraram aquele valor a ninguém e que tudo não terá passado de um mal entendido. A verdade é que análises antigas feitas por visitantes referem que foram ameaçados com multas de 500 dólares.

Neste momento, a Union Street Guest House está com a reputação online completamente em queda.




E.INF