A organização defende que o crescimento gradual da procura "justifica o prolongamento do evento por mais um dia"




A organização da Viagem Medieval da Feira anunciou este domingo que essa recriação histórica bateu este ano o seu recorde de visitantes e que, para melhor corresponder a essa procura, a edição de 2015 passará de 11 para 12 dias.
Em comunicado, os responsáveis pelo evento, que termina este domingo, admitem que houve quebras de afluência nos dias de chuva em comparação com os valores diários de anos anteriores, mas garantem que, na contabilidade geral das 18 edições da recriação, a bilheteira de 2014 foi a melhor de sempre.
"Apesar da chuva que se fez sentir em vários dias, o número de visitas - comparativamente à última edição, que já tinha atingido um recorde histórico de bilheteira - foi claramente superado em todos os dias em que não choveu", lê-se no comunicado.
A organização defende que o crescimento gradual da procura "justifica o prolongamento do evento por mais um dia" e propõe-se implementar essa medida já no próximo ano, para que nos 33 hectares da recinto seja possível "receber mais público sem beliscar a qualidade, o rigor, a segurança e a vivência" da recriação.
Quanto à afluência da edição deste ano, o comunicado revela que, "até ao fim da tarde de hoje, foram contabilizadas cerca de 58.000 pulseiras vendidas" - no que está em causa a modalidade que, por 4 ou 5 euros (consoante a aquisição da referida pulseira se tenha verificado até ou após 31 de julho), permite acesso ilimitado ao recinto durante os 11 dias do programa.
"Essa é cada vez mais uma opção para os aficionados da Viagem", realça a organização.



jn