1. #1

    Registo
    Aug 2014
    Posts
    2

    Padrão Pedido de orçamento para circuito de protecção de bobina eléctrica

    Agradecia o contacto de quem esteja interessado em criar uma solução para proteger a bobina de uma fechadura eléctrica.

    A bobina de 12v permite abrir a fechadura eléctrica da porta de entrada de um prédio.

    A abertura realizada através de videoporteiro envia 18v e nunca teve problemas até recentemente, quando aleatóriamente a carga de 18v começou a ficar em continuo causando danos na bobina.

    Eventualmente um dos equipamentos das fracções estará com o botão avariado, mas o facto de nem sempre existir carga torna-se complicado identificar claramente, embora não esteja posto de lado. O facto dos equipamentos já não serem comercializados é mais uma razão para esta procura de alternativas. E finalmente evitar outras situações como o uso abusivo/ intencional.

    Embora aceite sugestões porque não tenho conhecimentos de electrónica, penso que a solução passaria por criar um circuito que:

    1 - reduzisse a voltagem para 12v (presumo que ajude)
    2 - interrompa a corrente por "algum tempo" se estiver em continuo (para a bobina arrefecer)
    3 - ligue um led quando em carga (para termos um aviso visivel e tentarmos identificar o aparelho em causa)

    Mais uma vez, agradeço a atenção e o contacto de interessados com orçamento ou alternativas por mensagem privada.

  2. #2

    Registo
    Sep 2006
    Idade
    62
    Posts
    1.695
    boa tarde companheiro elefor.

    nao devo ser eu a dar o orçamento para o seu caso mas, os colegas que irao ler este tópico devem pensar o mesmo que eu como por exemplo localidade e localizaçao do prédio marca do equipamento c, quantos fios trabalha, etc.

  3. #3

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    842
    Citação Postado originalmente por elefor Ver Post
    Agradecia o contacto de quem esteja interessado em criar uma solução para proteger a bobina de uma fechadura eléctrica.

    A bobina de 12v permite abrir a fechadura eléctrica da porta de entrada de um prédio.

    A abertura realizada através de videoporteiro envia 18v e nunca teve problemas até recentemente, quando aleatóriamente a carga de 18v começou a ficar em continuo causando danos na bobina.

    Eventualmente um dos equipamentos das fracções estará com o botão avariado, mas o facto de nem sempre existir carga torna-se complicado identificar claramente, embora não esteja posto de lado. O facto dos equipamentos já não serem comercializados é mais uma razão para esta procura de alternativas. E finalmente evitar outras situações como o uso abusivo/ intencional.

    Embora aceite sugestões porque não tenho conhecimentos de electrónica, penso que a solução passaria por criar um circuito que:

    1 - reduzisse a voltagem para 12v (presumo que ajude)
    2 - interrompa a corrente por "algum tempo" se estiver em continuo (para a bobina arrefecer)
    3 - ligue um led quando em carga (para termos um aviso visivel e tentarmos identificar o aparelho em causa)

    Mais uma vez, agradeço a atenção e o contacto de interessados com orçamento ou alternativas por mensagem privada.
    Boas

    Para alguém conhecedor de electrónica, existem muitas opções de segurança para tal não acontecer (queimar bobine).

    As soluções podem passar por:

    Timer que só active trinco por determinado tempo, e só volta a activar, se a corrente for interrompida.

    Sensor de temperatura que desliga o circuito se exceder determinado valor.

    Ligar um led será fácil, no entanto tem de passar os 18Volt AC (trinco), para DC com díodo (s) rectificador, e resistência em serie com o led, de cerca de 1800 ohm, para limitar a corrente próximo dos 10 mA.


    Posto isto, e se tem a bobine queimada, pode dar para rebobinar, e nesse caso levar mais espiras para suportar melhor os 18 Volt.

    Também se pode aplicar uma resistência em serie ou até uma lâmpada de halogéneo (12V 50W), de forma a limitar a corrente, que passa para a bobine.

    A lâmpada tem a vantagem de no primeiro instante (a frio) deixar passar quase a corrente máxima para o trinco e depois começa a limitar a medida que o filamento aquece.

    Também pode usar um sistema barato de termostato (Normalmente fechado) valor fixo (ex: 50º graus), encostado à bobine, em que se for ultrapassada a temperatura, desliga a corrente da mesma.

    Exemplo de artigo que pode dar:

    h**p://www.eletropecas.com/produto.asp?idGrupo=023.001.0010&idProduto=19452

    São apenas dicas para possível solução.

    Boa pesquisa. Cps

  4. #4

    Registo
    Aug 2014
    Posts
    2
    Citação Postado originalmente por mrsat Ver Post
    Boas

    Para alguém conhecedor de electrónica, existem muitas opções de segurança para tal não acontecer (queimar bobine).

    Boa pesquisa. Cps
    Não percebendo de electrónica usando apenas bom senso tinha chegado a algumas das soluções mas questionando electricistas senti-me burro. Muito obrigado pelo seu apoio. Tinha procurado pelos timers e encontrei no brasil e em espanhol. Sabe algum que seja vendido em Portugal? Se não lhe der muito trabalho, claro.

  5. #5

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    842
    Citação Postado originalmente por elefor Ver Post
    Não percebendo de electrónica usando apenas bom senso tinha chegado a algumas das soluções mas questionando electricistas senti-me burro. Muito obrigado pelo seu apoio. Tinha procurado pelos timers e encontrei no brasil e em espanhol. Sabe algum que seja vendido em Portugal? Se não lhe der muito trabalho, claro.
    Boas

    Realmente a oferta em Portugal é mais escassa.

    Tinha pensado neste exemplo:

    h**p://pt.farnell.com/finder/38-21-0-012-0060/timer-spco-12vac-dc/dp/1718974

    no entanto, parece descontinuado!!

    Penso que pode resolver o problema com um rele timer da Omron.

    O único senão, é a tensão de 18 Volt AC que fica um pouco fora de parâmetros para alimentação do dito relé.

    Neste tipo de material o comum é ter alimentação a 24V AC ou 12V DC, logo 18 Volt AC obtido no trinco, não é ideal para nenhuma situação.

    No entanto a tensão de 18V AC pode ser convertida em 12V DC e então será simples aplicar um rele como o do exemplo:

    h**p://www.ebay.com/itm/DC-12V-Delay-Timer-Time-Relay-0-60-Minute-H3Y-2-with-Base-5A-250V-AC-New-55deg-C-/290614670307?pt=LH_DefaultDomain_0&hash=item43a9fb f3e3

    O circuito de adaptação não é complexo (passar 18V AC para 12 V DC).

    Também existe a versão para 24V AC, no entanto os 18 Volt AC obtido (trinco), pode ser insuficiente.

    Se pretender posso dar dica do circuito de adaptação.

    Nota: A Omron tem agentes em Portugal

    Cps

  6. #6

    Registo
    Mar 2014
    Idade
    35
    Posts
    8
    Tive o mesmo problema com uma campainha que queimava a bobine. A solução foi fazer um circuito com um PIC a controlar um mosfet em que se estiver a alimentar a bobine por demasiado tempo desliga-a.

  7. #7

    Registo
    Sep 2010
    Idade
    29
    Posts
    9
    O mais fácil mesmo seria colar um termostato de 50ºC na bobine da fechadura (algo parecido com isto Termostato universal fixo NC 80ºC - terminais em fios 0.06mm : Robert Mauser Lda.) assim se ficar ligado ao fim de pouco tempo ele interrompe o circuito.É uma solução barata e que você mesmo pode fazer!
    Para de futuro descobrir de onde vem a avaria talvez possa ligar também uma lâmpada em paralelo com a bobine(Indicador luminoso LED 3mm, 12VDC, vermelho : Robert Mauser Lda.), assim enquanto o trinco estiver actuado ela fica ligada. Com tempo e ajuda dos vizinhos talvez consiga se aperceber de qual dos vizinhos tem o botão preso.
    Caso opte por esta solução e precise de ajuda para fazer as ligações disponha!

  8. #8

    Registo
    Apr 2007
    Posts
    842
    Citação Postado originalmente por mrsat Ver Post
    Boas

    Para alguém conhecedor de electrónica, existem muitas opções de segurança para tal não acontecer (queimar bobine).

    As soluções podem passar por:

    Timer que só active trinco por determinado tempo, e só volta a activar, se a corrente for interrompida.

    Sensor de temperatura que desliga o circuito se exceder determinado valor.

    Ligar um led será fácil, no entanto tem de passar os 18Volt AC (trinco), para DC com díodo (s) rectificador, e resistência em serie com o led, de cerca de 1800 ohm, para limitar a corrente próximo dos 10 mA.


    Posto isto, e se tem a bobine queimada, pode dar para rebobinar, e nesse caso levar mais espiras para suportar melhor os 18 Volt.

    Também se pode aplicar uma resistência em serie ou até uma lâmpada de halogéneo (12V 50W), de forma a limitar a corrente, que passa para a bobine.

    A lâmpada tem a vantagem de no primeiro instante (a frio) deixar passar quase a corrente máxima para o trinco e depois começa a limitar a medida que o filamento aquece.

    Também pode usar um sistema barato de termostato (Normalmente fechado) valor fixo (ex: 50º graus), encostado à bobine, em que se for ultrapassada a temperatura, desliga a corrente da mesma.

    Exemplo de artigo que pode dar:

    h**p://www.eletropecas.com/produto.asp?idGrupo=023.001.0010&idProduto=19452

    São apenas dicas para possível solução.

    Boa pesquisa. Cps


    Boas de novo

    Não sei se resolveu o problema, com material que indiquei no post 3

    Se fosse eu a titulo pessoal montava um circuito electrónico com timer (protecção trinco), e um sistema com Arduino ATMega 2560 (monitorizar até 86 habitações) para ver a ocorrência do condómino que está a carregar muitas vezes no botão do trinco, e a poder registar tudo em cartão SD pelo período de um mês ou mais.
    No entanto esses circuitos envolvem alguns conhecimentos de electrónica, e programação C ou Basic.

    No entanto com um custo de cerca de 4 euros pode resolver o seu problema.

    Se tiver um amigo entusiasta/iniciante de electrónica, deixo aqui um esquema elaborado por mim, muito fácil de executar (pensado para iniciantes), e que impede o trinco de queimar.

    Se pretender avançar com o mesmo, posso fornecer valor dos componentes para o trinco activar por cerca de 5 segundos, e desligar após esse tempo mesmo que alguém mantenha o botão pressionado.

    O circuito rearma ao fim de escassos segundos.

    img013.jpg

    Cps

  9. #9

    Registo
    Mar 2014
    Idade
    35
    Posts
    8
    Tem aqui um circuito electrónico dos Kits Educativos VELLEMAN que certamente soluciona este problema CARTA DE RELÉS MULTIFUNCIONAL

  10. #10

    Registo
    Apr 2008
    Idade
    38
    Posts
    1
    Boa noite! Vou desenterar este topico porque surgiu-me este problema e estou a procura de soluçoes.Amigo elefor resolveste o problema com a bobine???

Tópicos Similares

  1. Bobina Ignição
    Por Geocompi no fórum Duvidas e Questões Gerais sobre mecânica automóvel
    Respostas: 1
    Último Post: 13-03-2014, 15:13
  2. Respostas: 0
    Último Post: 18-03-2013, 18:17
  3. Bobina de motor motoserra
    Por psantos2006 no fórum Duvidas e Questões Gerais sobre mecânica automóvel
    Respostas: 5
    Último Post: 10-09-2010, 19:14
  4. Programa para testar circuito com contactores
    Por hiropito15 no fórum Electricidade
    Respostas: 0
    Último Post: 11-02-2008, 00:11
  5. Ajuda para decifrar circuito
    Por caragao no fórum Esquemas e Manuais
    Respostas: 4
    Último Post: 19-04-2007, 18:07

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •  

Conectar

Conectar