António Costa parece ter revigorado o PS, de acordo com a sondagem mais recente da Aximage, recolhida, já no início de outubro. Entre Costa e Passos Coelho, o candidato a primeiro-ministro venceria o atual detentor do cargo por uns significativos 56,2%, contra 31,1% de Passos Coelho, revela o Jornal de Negócios.

naom_538f12ca6f295.jpg

A sondagem Aximage, de que o Jornal de Negócios dá conta, sobre em quem é que os portugueses depositam mais confiança para o cargo de primeiro-ministro, mostra-nos um PS revitalizado no pós-primárias. António Costa tem larga vantagem sobre Passos Coelho quando, há um mês, o mesmo Passos teria vencido por margem pequena António José Seguro.
A sondagem mostra-nos que António Costa, quando comparado a Passos Coelho, tem uma intenção de voto de 56,2%, ao passo que o atual primeiro-ministro se fica pelos 31,1%. Mas as diferenças não se ficam pelos dois candidatos.

Quando se compara com a sondagem anterior, de setembro, vê-se uma queda de mais de 11% de Passos Coelho – em setembro a intenção de voto situava-se nos 42,6%, o que lhe daria uma vitória ‘apertada’ sobre António José Seguro. O agora demissionário líder partidário e deputado tinha em setembro 40,1% da intenção de votos. Um resultado que lhe teria garantido a derrota contra Passos Coelho.

Esta mesma sondagem mostra também um salto considerável do PS no seu todo (40,2%, quase 10% a mais do que em setembro) e ligeiras descidas em todos os partidos com assento parlamentar, tanto à esquerda como à direita, com uma única exceção, o Bloco de Esquerda, que passa agora a ter 7,7% da intenção de votos.

Cavaco Silva, por seu lado, continua com a popularidade em baixo, havendo no entanto uma outra novidade nesta sondagem Aximage: a introdução de Marinho e Pinto, que estava ‘fora da corrida’ na sondagem de setembro. Ainda assim, entre os 609 inquiridos, apenas 1,1% admite votar no ex-bastonário, isto quando, em maio, a lista encabeçada por Marinho e Pinto, do MPT, recebeu a confiança de 7,15% dos votantes nas eleições europeias.




N.M