O Tribunal Arbitral do Desporto suspendeu a decisão de castigar selecionador nacional com oito jogos de castigo, até o processo de análise do recurso do treinador estar finalizado.
Significa isto que Fernando Santos pode sentar-se no banco com a Dinamarca, no primeiro jogo oficial à frente da equipa nacional.

Mais: de acordo com o comunicado do TAS, a decisão final sobre o recurso de Fernando Santos sobre o castigo de oito jogos que lhe foi imposto só será tomada no final de novembro.

Significa isto que o selecionador nacional poderá estar no banco também a 14 de novembro, no estádio do Algarve, na receção à Arménia.


LEIA O COMUNICADO DO TAS NA ÍNTEGRA:

«O treinador da equipa nacional de futebol de Portugal, e antigo treinador da seleção grega, Fernando Santos, entrou com um recurso no Tribunal Arbitral do Desporto (CAS) em 3 de outubro de 2014.

O Sr. Santos tenta anular a decisão da FIFA de suspendê-lo por oito jogos e multá-lo em 20 mil francos suíços por conduta anti-desportiva para um árbitro durante o jogo do Mundial 2014 entre Costa Rica e a Grécia.

Como passo preliminar, o treinador entrou com um pedido de suspensão da execução da decisão da FIFA durante a duração do processo no CAS. Tendo considerado as declarações das partes, o presidente do Comité de Apelo e Arbitragem do CAS emitiu hoje um despacho que considera procedente o pedido do Sr. Santos.

Assim, o Sr. Santos pode exercer as suas funções de treinador até à conclusão do processo no Comité de Apelo e Arbitragem do CAS. Neste contexto, as partes concordaram em produzir um análise deste processo de forma rápida e o CAS espera estar em condições de emitir uma decisão final até o final de novembro de 2014.»



mf